sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Meus vídeos favoritos e úteis

Joseph Klimber
http://www.youtube.com/watch?v=gzMhifqIPm8

Motivação - Gladiador
http://www.youtube.com/watch?v=rUWqQZMyK7M

Motivacional - Persistência
http://www.youtube.com/watch?v=GGhcOQDds18

Comunicação Interna - Liderança: Fuga das Galinhas
http://www.youtube.com/watch?v=gregu-nJXhM

A lenda da águia
http://www.youtube.com/watch?v=PlX5YjGwEcM

Problemas de comunicação
http://www.youtube.com/watch?v=h_qNU4RwlvU

ping pong matrix menor do chapa contra Frank
http://www.youtube.com/watch?v=ntfcifuMYYI

motivacional " o carpinteiro"
http://www.youtube.com/watch?v=F8kJ6H3lMOs

Vídeo Motivacional - "Era do Gelo"
http://www.youtube.com/watch?v=d-ggc36yp_0

300 à vitória - motivacional
http://www.youtube.com/watch?v=BpuemBHPZPw

O PROBLEMA NÃO É MEU
http://www.youtube.com/watch?v=AiGV_Jdl6Gs

Grupo de macacos
http://www.youtube.com/watch?v=2sqsXESSIRQ

Quem mexeu no meu queijo? Video completo!
http://www.youtube.com/watch?v=vDnDN7mJRV4

GAIVOTAS
http://www.youtube.com/watch?v=khekpIbVJqg

AUTO AJUDA
http://www.youtube.com/watch?v=Mf8ATtyceyo


________________________________________________________________________

Gravar em outro DVD.

Noites Traiçoeiras - Pe. Marcelo Rossi
http://www.youtube.com/watch?v=xu-QqR0WQXA

O Povo de Deus
http://www.youtube.com/watch?v=TJuC-cEQrJw

Opera Carmen Habanera Rinat Shaham
http://www.youtube.com/watch?v=OcnsMnRMN2U

Atendimento ao Cliente - Call Center
http://www.youtube.com/watch?v=jM7Ae6DVOfs

Pica-Pau - O Barbeiro de Sevilha
http://www.youtube.com/watch?v=_pm7BTGt65c

Nona Sinfonia de Beethoven
http://www.youtube.com/watch?v=e9cno71jklc

Mickey Maestro
http://www.youtube.com/watch?v=6CE2ggFpJPE

As quatro estações - Vivaldi
http://www.youtube.com/watch?v=3xfAL9T_g5U

Bolero "Maurice Ravel " André Rieu
http://www.youtube.com/watch?v=NaZJWSTuE00

Espiritualidade no Trabalho

O significado da espiritualidade no trabalho

O tema da espiritualidade no trabalho vem crescendo de forma intensa nos últimos anos no mundo empresarial. Algo que antigamente era visto como assunto desligado do universo organizacional, como algo religioso ou até místico, hoje se insere como uma dimensão estratégica, na medida em que dá significado à missão da empresa e ao trabalho das pessoas. Quando elas tem esta consciência, a conseqüência é que fluem com muito maior facilidade os fatores mais buscados pelos executivos das organizações: a motivação, o desempenho, o espírito de equipe, a comunicação eficaz, a qualidade, o foco no cliente, o "estar de bem com a vida".

O foco da espiritualidade no trabalho é a busca de estados mais elevados de consciência e o alinhamento das ações das pessoas, das equipes e das organizações com seus propósitos e missões de vida. Temas que freqüentam o nosso dia a dia, como a ecologia, gerenciamento de pessoas e equipes, educação, bem-estar físico e emocional adquirem uma dimensão mais elevada e ampliada quando se conectam ao tema da espiritualidade. As abordagens holísticas, ao integrarem os avanços tecnológicos com os conhecimentos das tradições milenares, re-ligam as pessoas, ajudando-as a deixarem o estreito paradigma mecanicista, trazendo uma visão renovada e dando um sentido de plenitude e de unidade. Quando trabalhamos o tema da espiritualidade no trabalho, os benefícios que podem ser esperados são a melhoria da qualidade de vida individual e coletiva, o estímulo à situações de crescimento e desenvolvimento, o incentivo do sentido de parceria, criatividade, cooperação e trabalho em equipe.

A espiritualidade e as crises profissionais e pessoais

A espiritualidade se manifesta de formas aparentemente incomuns: por exemplo, nos momentos de crise, geralmente se manifesta um sentido mais elevado de espiritualidade, como se no momento da necessidade, o ser humano fosse buscar dentro de si as respostas, conectando-se com os conhecimentos adquiridos anteriormente e suas experiências de vida.

As crises nos re–ligam com dimensões ao mesmo tempo mais elevadas e mais profundas em nossas vidas, dando a oportunidade de criarmos conexões que muitas vezes estavam faltando em nossa existência. As crises nos obrigam a repensar nossos modos de agir, nosso estilo de vida, nossa escala de prioridades e valores. As crises nos ensinam a nos liberarmos de muito peso inútil que levamos em nossas "mochilas", na caminhada da vida.

Podemos dizer que estamos em crise no momento em que descobrimos que o que pensávamos antes já não "funciona" para o momento presente. As soluções que adotávamos, que antes resolviam determinadas situações, parecem não trazer mais os resultados esperados. Nossa tendência é continuar tentando, tentando, com os métodos conhecidos, mas ... não dá certo! As crises nos colocam, de tempos em tempos, diante de coisas que precisamos repensar, disciplinar, aprender e transformar. As crises nos convidam, geralmente de forma incisiva, a nos colocarmos novamente em movimento. Esta é uma das maneiras de despertar o lado espiritual. Outra, despertada ou não pelas crises, é a busca do auto-conhecimento.

Os ensinamentos dos animais sobre a espiritualidade

A observação da Natureza, e em particular dos animais, nos conduz a um sentido novo de espiritualidade, conhecido de muitas tradições milenares. Precisamos aprender a não impedir o fluxo da vida. A cada nova situação que ela nos apresenta, saber usar a palavra correta, utilizar a atitude mais adequada. Sem pressa, sem stress desnecessários, canalizando nossa energia de uma forma criativa, com flexibilidade e entusiasmo. Intuir quando é a hora de calar, de aguardar que os outros estejam atentos ao que queiramos propor.

Quando observamos por exemplo uma águia, vem uma lição espiritual importante de elevarmos nossa visão, "voarmos" alto sobre nossos problemas e termos uma visão panorâmica da situação em que nos encontramos e assim acharmos saídas ou soluções. E assim cada animal nos trás ensinamentos, se soubermos ser observadores atentos; e com isto trazemos uma nova dimensão espiritual aos nossos desafios de trabalho.

Trazendo a espiritualidade ao nosso dia a dia

Espiritualidade e auto-conhecimento são irmãos gêmeos, estimulando ações de transformação pessoal e, consequentemente, de seus ambientes. Na medida em que a organização desenvolve com maior clareza sua missão e visão, num processo que gerencialmente é denominado de planejamento estratégico, estamos revelando as intenções reais, que precisam ter uma dimensão de transcendência, de servir a uma causa maior. Quando as pessoas se conectam à dimensão espiritual de suas tarefas do cotidiano, novos significados surgem. Por exemplo, em qualquer relacionamento, quando olhamos a outra pessoa como um ser em processo de evolução, semelhante a nós, fica muito mais fácil o entendimento.

A brutal velocidade de transformação pela qual estamos passando em todos os aspectos de nossas vidas faz com que toda a segurança que tínhamos no material e no concreto se desvanece, como uma neblina aos primeiros raios do sol. As dimensões do intangível começam a se tornar mais presentes, e com isto os processos de transformação individual, empresarial, social e planetária começam a fazer sentido e tem seu lugar . Tudo está perfeito no ritmo em que está acontecendo! É oportuno lembrar da conhecida frase de Teilhard de Chardin "não somos seres humanos tendo experiências espirituais; antes, somos seres espirituais tendo experiências humanas".

Conhecendo João Luiz

1- Quais são suas principais qualidades?
Boa comunicação, capacidade de saber ouvir, bom relacionamento interpessoal e nível cultural, flexibilidade, bom humor, criatividade, proatividade, postura, seriedade, proatividade, espírito de liderança, habilidade em negociação, ousadia para aceitar riscos, bom nível cultural, atitudes éticas, crença nas pessoas e nas equipes, auto-confiança.

2- De que forma estas qualidades contribuem para sua carreira profissional e para a empresa que o contratar?
Me tornam uma pessoa capaz de superar os desafios do cotidiano, de buscar a vitória em cada etapa mesmo que a situação pareça intranponível. Acredito que as empresas hoje precisem tanto de pessoas experientes como capazes de saber interpretar o mundo ao seu redor, e com isso conseguir o melhor resultado.

3- Descreva 3 características pessoais que poderiam ser melhor desenvolvidas.
Inteligência emocional, paciência, relacionamento pessoal

4- Mencione seus sucessos alcançados.
Formatura na Universidade; reconhecimento de meu valor por parte da família; resultados positivos nas empresas, através das metas superadas; reconhecer-me como cristão; desenvolver o CBE - Cursos Básicos Empresariais

5- Onde não conseguiu o resultado que esperava?
Em algumas entrevistas que participei; ser promovido quando tive a oportunidade em algumas empresas; me casar com quem desejei

6- Com quem você mora? É o único responsável pela receita da casa? Tem irmãos?
Moro com minha mãe de setenta e dois anos. Ela é a responável pela casa, gostaria de poder ajudá-la. Tenho dois irmãos

7- Possui filhos? Mencione idade e escolaridade.
Sem filhos ainda

8- A religião faz parte de sua vida em que medida?
Em tudo, mas não diria exatamente religião, mas doutrina cristã. Acredito que estamos de passagem neste mundo, vivemos aqui para crescermos espiritualmente e voltarmos para Nosso Pai com nossos talentos multiplicados em amor, justiça, caridade e conhecimento. Acredito também que todos somos irmãos e que, se tivermos oportunidade, devemos auxiliar nosso próximo no que for possível. Vejo o trabalho e a prosperidade material como forma de louvar a Deus e servir de bom exemplo

9- O que você costuma fazer nos finais de semana?
Namorar, praia, cinema, teatro, visitar e conversar com amigos

10- Cite 3 hobbies.
Artesanato, estar com amigos, leitura

11- Como se vê daqui a 5 anos?
Casado, em minha própria casa, com meus filhos, com carro, em um bom emprego numa empresa de boa reputação e muitos desafios, além de ser um bom exemplo pra sociedade

12- Está fazendo algum curso atualmente ou pretende cursar? Quais os benefícios que o mesmo trará a você?
Hoje faço relações humanas, mas logo irei prosseguir com Rotinas de pessoal e, quando e empregar, iniciar minha pós-graduação em Gestão de Pessoas

13- Cite 3 fatores que o motivam e o desmotivam no trabalho?
Motivação: desafio, reconhecimento, bom ambiente
Desmotivam: péssimo ambiente, baixa remuneração, trabalhos repetitivos

14- Qual o seu maior sonho?
Ser executivo

15- Complete as frases abaixo com a primeira idéia que lhe ocorrer:
Eu me arrependo
de não ter tido orientação profissional suficiente para aproveitar melhor as oportunidades da vida

O que me faz sofrer
não poder ajudar quem amo

O dinheiro
é apenas um meio de alcançarmos alegrias

Eu odeio
fraqueza de espírito

Gostaria que meu(s) chefe(s)
fossem mais presentes

Mandar
é pra quem não sabe pedir

Família
é tudo de bom

Não admito
me entregar sem lutar

Trabalho
é uma benção

A vida
é otima

AULA DE VENDAS

Vendedor de aspirador de pó Uma dona de casa, num vilarejo, ao atender as palmas em sua porta...
- 'Oh de casa, tô entrando!' Ela se depara com um homem que vai entrando em sua casa e joga esterco de cavalo em seu tapete da sala. A mulher apavorada pergunta:- 'O senhor está maluco? O que pensa que está fazendo em meu tapete?'
O vendedor, sem deixar a mulher falar, responde:- 'Boa tarde! Eu estou oferecendo ao vivo, o meu produto, e eu provo pra senhora que os nossos aspiradores são os melhores e mais eficientes domercado, tanto que vou fazer um desafio: se eu não limpar este esterco em seu tapete, eu prometo que irei comê-lo!'
A mulher se retirou para a cozinha sem falar nada.O vendedor curioso, perguntou:- 'A senhora vai aonde? Não vai ver a eficiência do meu produto?'
A mulher responde:- 'Vou pegar uma colher, sal e pimenta e um guardanapo de papel.Também uma cachaça para te abrir o apetite, pois aqui em casa não tem energia elétrica!'

Moral da história: Conheça o perfil do seu cliente antes de oferecer qualquer produto'

O EXEMPLO FEMININO

Aprecio as mulheres, sua força, coragem.
A mulher, mesmo desiludida com algumas relações, não deixa de acreditar no amor de um companheiro que lhe trate bem, que a respeite, que a deseje. A mulher busca alguém que ela mesma possa se dedicar, cuidar dele. As mulheres são dignas de elogio por sua força, vontade de lutar e vencer e coragem.

Acredito na fidelidade feminina. Também acredito que uma mulher normal, só trai como último recurso para atingir seu homem, por amor ferido. Trai quando se sente desprezada. Claro que algumas mulheres desequilibradas, que não tem a essência feminina de envolvimento e entrega a um homem, que trai por trair, que não nasceram pra ser esposas ou mesmo namorada, mas aí já é um caso de psiquiatria ou, quem sabe, exorcismo. Em situação normal, a mulher é companheira fiel.
O homem, quando desiludido, pode ter atitudes violentas, cair na bebedeira, tornar-se mulherengo ou até mesmo mudar de opção sexual.

A mulher é um ser fantástico: pode perfeitamente se manter sem homem, pode criar seus filhos sozinha, cuidar de seus pais na velhice, ser boa profissional. Mas abdica de sua independência em nome de um amor.
Por mais que tenha sofrido na vida por causa de um homem, não perde a esperança de ser feliz ao lado de um homem digno.
Sempre me perguntam por que até hoje não me casei. Agora respondo: porque eu não era digno nem forte para ter uma mulher verdadeira ao meu lado.
Hoje eu sei quem são as mulheres, e por mais que o mundo pareça confuso, os costumes tenham mudado, os valores familiares estejam irreconhecíveis, ainda é possível amar.

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

É namoro ou amizade?

Parece tão artificial e até hipócrita essa situação de uma pessoa ter sentido atração por outra e não poder expressar com todas as letras e emoções o que sente.
Não há mal algum em um homem expressar, de maneira respeitosa, a atração que sente por uma mulher, e vice-versa.
Claro que no caso da mulher expressar atração por um homem é diferente. Basicamente, o homem gosta de sentir-se no coando da situação. O homem é caçador e não caça. O homem gosta de sentir que conquistou aquela mulher que desejou. Cabe a mulher facilitar a aproximação masculina, mas nem tanto.
Quando sentimos atração por alguém, é justo que expressemos isso. Pois é a atração física ou desejo que separa a amizade da relação homem x mulher. Tudo o que tem numa amizade tem numa relação de casal: amor, companheirismo, cumplicidade, confiança, respeito, simpatia, afinidades etc. O que vai diferenciar uma da outra é o desejo, que é uma manifestação físico / química / psicológica do ser humano. Ser civilizado trouxe grandes benefícios a humanidade. A cordialidade evita muito atos de violência. Mas também aniquila a naturalidade de uma aproximação entre os sexos opostos.
No mundo moderno, as dificuldades econômicas e mudanças de comportamento inseriram a mulher no mercado de trabalho. Tudo bom se isso não tivesse tirado do homem a sensação de provedor do lar e protetor da família. Isso dificulta a aproximação tradicional entre um casal.
As mulheres estão conquistando cada vez mais seu espaço ativo na sociedade, mas o preço que se paga é dificultar a aproximação masculina, na qual não é permitido ao homem que se aproxime de uma mulher e simplesmente diga: “Olá. Como vai você? Você é tão graciosa, mas parece estar tão só neste lugar. Me permite te fazer companhia?”.
O medo da violência e a independência feminina têm extinguido o romantismo dia após dia.

terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Mundanças em um mundo em mutação

O mundo que eu acreditava existir, que o senso comum valorizava e admirava, é passado. As pessoas estão como “ovelhas sem pastor”, e não apenas no sentido religioso. A falta de referências atuais que sirvam como modelo aos novos tempos fazem com que velhos conceitos sejam revestidos de modernidade, mas com os mesmos vícios que os tornaram obsoletos. Na prática do cotidiano, essas rápidas mudanças de conceitos mudaram costumes deixaram muitos atônitos, o que era reverenciado a apenas algum tempo atrás hoje não serve mais de nada

Relações conjugais duradouras e crença nos relacionamentos;
Emprego estável;
Estados Unidos da América como superpotência econômica;
Rede Globo como líder de audiência imbatível ditando regras e costumes, seja na política, sociedade ou economia;
Bolsas de Valores como fonte de lucro;
Executivos de Agências de Avaliação de Risco com sua arrogância, determinando o destino de milhões de pessoas em vários países, apontando com o dedo gordo em que país deveria haver investimento;
Empresários e executivos de grandes empresas agindo como os magos das finanças;
Empresas como General Motors com solidez financeira e com rendimentos superiores a muitos países;
Japão com uma economia inabalável, entre outros milhares de exemplos;

Tudo isso que descrevi foi o mundo em que cresci e virou pó. Nesse mundo, não podia-se questionar o que executivos, empresários e políticos determinassem como verdade. Conceitos inquestionáveis hoje fazem parte deste passado.
O mundo mudou, quer aceitemos ou não. Fortunas mudaram de mãos rapidamente nos últimos tempos, empresas conceituadas em crise, conceitos com mais de seis meses hoje são a apenas história.
Porém, as orgnizações insistem em avaliar os candidatos apenas por suas experiências profissionais anteriores. Se experiência passada for sinônimo de sucesso, então não vai faltar trabalho para os executivos dos bancos americanos que foram à falência com a crise atual, ou para os dirigentes das milhares de empresas que desapareceram por conta da crise mundial ou estão em dificuldades financeiras.
Sensibilidade, intuição, humildade, sensatez, sabedoria não tem mais lugar no mundo moderno? Acredito que deva haver mais humildade dos recrutadores e das empresas os quais os contratam.
Inovação sempre foi a palavra de ordem para a sobrevivência de qualquer país ou organização, em tempos de crise ou de tranqüilidade. Sempre estou revendo meus conceitos, procurando encontrar alternativas para questões que outras pessoas já teriam desistido. A determinação em encontrar respostas para questões deve ser uma prática do cotidiano, mas nem sempre as respostas são fáceis de encontrar ou estão num lugar comum de conhecimento público. Nem todas as respostas podem ser encontradas em enciclopédias empoeiradas ou na Internet.
Os talentos individuais devem ser melhor avaliados. Estou tentando descobrir canal de comunicação que diminua o ruído de comunicação e me permita expor melhor minhas qualidades pessoais que, das várias entrevistas que participei, nunca são abordadas com o devido cuidado. Assim como eu, existem milhares de pessoas talentosas que ignoradas diariamente apenas por não se enquadrarem em padrões pré-estabelecidos nos cursos de graduação das faculdades.
Para vencermos essa crise e prosperarmos, teremos que ter a coragem de inovar e fazer coisas que nunca foram feitas. Que Deus nos dê oportunidades de colocarmos em prática todos os nossos talentos. Que vivamos o suficiente para fazer parte desta nova fase de mudança da Humanidade.

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Humildade x pobreza

Não gosto de pobreza. Mas amo a humildade. Gosto de pessoas humildes, mas não tenho paciência para pobres.
O humilde agradece pelo que tem. O pobre reclama do que não tem.
O humilde é paciente e agradecido. O pobre é ansioso e ingrato.
O humilde agradece quando lhes dão o que já é seu. O pobre se acha no direito de pegar o que não pertence a ele, justificando qualquer ato ilícito pela pobreza e pela fome.
O humilde pensa com o coração. O pobre pensa com o estômago.
Confio no humilde. Mas o pobre não me inspira confiança.
O humilde tem vontade de aprender. O pobre acredita já saber de tudo.
O humilde ama de verdade. O pobre por interesse mesquinho.
O humilde perdoa, mas quer justiça sempre. O pobre quer vingança.
O humilde divide alegrias. O pobre divide problemas.
A humildade e a sabedoria andam de mãos dadas. A pobreza e a violência também.
O humilde sente a presença de Deus. O pobre só vê obras do maligno em toda parte.
O humilde é uma fonte de inspiração, alguém que luto diariamente para ser. A pobreza é punição e da qual quero distância.
Nem todo pobre é humilde, assim como nem todo humilde é pobre de recursos materiais.
A felicidade num relacionamento está em ter como companheira uma mulher que seja também humilde. Mas envolver-se com uma mulher pobre é uma ruína.
Ser pobre é fácil: basta desperdiçar oportunidade e duvidar das próprias qualidades. Ser humilde é admitir que não sabe tudo e dobrar os joelhos para Deus.
Tem um trecho de um poema de Guilherme de Almeida que exemplifica bem o espírito revoltado de um pobre:
“... Um pobre me dizia: ‘Para o pobre,
a vida é o pão e o andrajo vil quer o cobre.
Deus? ... Eu não creio nesta fantasia!
Deus me dá a fome e sede cada dia,
mas nunca me deu pão nem água...
Nunca! Deu-me a vergonha a nódoa, a mágoa
de andar, de porta em porta, esfarrapado...
Deu-me esta vida: um pão envenenado!’...”

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Breve exposição sobre o Amor

O amor é a força que move o Universo e a vida de cada um de nós, é uma força vital. O amor responde a maior parte das dúvidas que podemos ter. Por exemplo:

- trabalho: Será que devo trabalhar nesta empresa? Se servir pra crescer o amor, se for aprender algo mais do que o simples realizar de tarefas, então é válido.

- amigos: Será que esta pessoa é confiável? Se ela mostrar coerência nas atitudes, sem se contradizer, paciência, e não der motivos pra desconfiança, então é confiável.

- trabalhos manuais: Vale a pena fazer manuais se minha formação acadêmica não é em belas artes? Se a pretensão for divulgar o amor como sentimento e filosofia de vida, terá energia para alegrar e sensibilizar alguém.

E, desta forma, podemos dar infinitos casos de perguntas em que é o amor que norteia a vida. Mas o amor não deve ser confundido com ingenuidade.

Tem pessoas que acham que amar é dar todo o salário do mês a qualquer necessitado que pedir. Amar é ouvir o semelhante e indicar uma direção para a solução de seu problema, se possível. Amar é acreditar que cada pessoa é capaz de ser melhor do que está sendo. Na dúvida, pergunte ao seu coração o que ele te orienta a fazer.
Claro que para saber ouvir o coração e ser capaz de descobrir o amor diariamente, temos que nos desligar de muitos conceitos que nos ensinaram, de ódios, rancores, preconceitos, medos que temos escondidos. Quando fazemos descobertas, podemos ver o que não desejamos, mas desejar a verdade que o amor revelas é a melhor maneira de se conseguir uma paz duradoura e segura.
O que podemos buscar é o amor puro, a razão de estarmos vivos. Mesmo que não encontre a resposta pronta, poderá encontrar o caminho certo.
O carro, a casa confortável, o lazer de fim-de-semana só tem sentido se produzir mais do que um prazer momentâneo. Tudo o que temos e pela qual lutamos, só tem sentido real se servir a outras pessoas além de nos mesmos: é o que se chama legado, e é possível te tiver a intenção de amor em cada gesto.
A palavra amor está banalizada o nosso vocabulário: qualquer desejo é denominado amor. Qualquer desejo carnal é vulgarmente chamado de amor. Existem pessoas que acreditam que o ciúme é uma prova de amor. Até violência alguns praticam dizendo que foi por amor. É uma questão polêmica. Apenas acredito que o amor não escraviza, ele liberta. O amor é um estado de espírito.
Da vida levamos o que sentimos e acreditamos. E o amor é a maior experiência que podemos viver.
Para sermos amados precisamos antes saber o que é o amor e estarmos dispostos a apagar o preço por esta escolha. O amor é entrega sem receio ou dúvidas. Deus está no amor, e não podemos ter dúvida Dele.
O envolvimento carnal é apenas um resultado inevitável da força atrativa que o amor exerce.
O amor é paz, é certeza. É vontade de viver e vencer. É não se deixar derrotar. É acreditar na vitória de nossos esforços.
Deus premia aqueles que acreditam no amor, pois assim vai aumentar o número dos resgatados das trevas da ignorância.

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

O ideal esquecido

As mulheres são apreciáveis por suas inúmeras qualidades. Ultimamente, porém, as mulheres estão esquecendo-se do que é ser mulher. Ser mulher é saber seduzir sem ser vulgar, apelativa ou devassa. ser mulher é deixar o homem PENSAR que manda, mas é ela quem está no comando.
As mulheres, quando esquecem de quem são, vulgarizam-se tentando realizar as fantasias masculinas e, por isso mesmo, perdem, nesse momento, qualquer chance de fazer a relação durar, mesmo que a intenção seja apenas sexo, pois o homem busca corpo mas desmancha-se se encontrar alma / essência feminina.
Quando a mulher consegue prender a atenção de um homem ser ter que levar ele logo para a cama, essa mulher conquista os sonhos de um homem e sua confiança.
A mulher tem que demonstrar que precisa do homem para algo: de seu beijo, ou sua força, ou sua beleza.
É uma pena que as mulheres, para não ficarem sozinhas, tem negligenciado a própria força para não assustar homens fracos que se aproximam delas.
eu mesmo sempre digo: "Prefiro que uma mulher abra um sorriso a abrir as pernas". Mais vale um belo sorriso do que gritos escandalosos de prazer em um quarto.
Quando a mulher consegue prender a atenção de um homem ser ter que levar ele logo para a cama, essa mulher conquista os sonhos de um homem e sua confiança.
A mulher tem que demonstrar que precisa do homem para algo: de seu beijo, ou sua força, ou sua beleza.
O homem é caçador e não caça. Para um verdadeiro homem , é gratificante acreditar que ele conquistou a mulher por suas qualidades. Mesmo cm as dificuldades econômicas atuais, o homem ainda sente prazer em presentear sua pretendida.
As mulheres têm que voltar a saberem o que é ser mulher, saber o que agrada a um homem e saber escolher aquele que pode vir a ser um grande companheiro para caminharem juntos por toda esta vida.

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

ESTA VIDA...

Esta vida

Um sábio me dizia: "Esta existência
não vale a angústia de viver. A ciência,
se fôssemos eternos, num transporte
de desespero, inventaria a morte!
Uma célula orgânica aparece
no infinito do tempo: e vibra, e cresce,
e se desdobra, e estala num segundo...
Homem, eis o que somos neste mundo!"
Falou-me assim o sábio e eu comecei a ver,
dentro da própria morte, o encanto de morrer.

Um monge me dizia: "Ó mocidade,
és relâmpago, ao pé da eternidade!
Pensa: o tempo anda sempre e não repousa.
Esta vida não vala grande coisa.
Uma mulher que chora, um berço a um canto,
o riso às vezes, quase sempre o pranto...
Depois, o mundo, a luta que intimida,
quatro círios acessos – eis a vida!"
Falou-me assim o monge e eu continuei a ver,
dentro da própria morte, o encanto de morrer.

Uma mulher me disse: "Vem comigo!
Fecha os olhos e sonha, meu amigo!
Sonha um lar, uma doce companheira,
que queiras muito e também te queira...
Um telhado... Um penacho de fumaça...
Cortinas muito brancas na vidraça...
Um canário que canta na gaiola...
- Que linda a vida lá por dentro rola!"

Pela primeira vez eu comecei a ver,
dentro da própria vida, o encanto de viver!

Guilherme de Almeida

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

SERVIDÃO x ESCRAVIDÃO

Estou aqui, nesta vida, para servir. Sou um servo de Deus a serviço da humanidade. Servir significa estar a disposição para atender a uma solicitação de alguém, desde que esta solicitação não seja para servir a propósitos mesquinhos e/ou que venham a fazer mal a terceiros ou à própria pessoa solicitante.
Mas ser um servo não me torna um escravo das pessoas e de seus caprichos. Não me sinto na obrigação de ter que sofrer calado em nome da fé. As provas de amor e fé são espontâneas e não planejadas. Não acredito que Deus iria me pôr nas mãos dos inimigos sem um motivo maior.
Há quem acredite que quem se põe no papel e servo deve agüentar a todas as provocações que lhe são impostas, apenas para testar sua paciência, o que tem pouca relação com prova de fé.
Só me permito atender a uma solicitação se eu perceber que ela terá uma abrangência maior do que o próprio ato de ajuda em si. Por exemplo: posso ajudar uma dona de casa que tem como propósito ajudar sua família, ou ajudo quem precisa de palavras de apoio e fará este amor crescer e frutificar. Dou preferência em ajudar a quem ajuda a outras pessoas, qualquer que seja sua maneira. É dessas pessoas que falo e que tenho o maior carinho e respeito.
Podemos escolher a quem servir, e não sirvo e nem ajudo a quem vai oprimir aos outros.
Também não ajudo se eu perceber que meu auxílio afundará mais ainda a pessoas que me pede ajuda. Às vezes, a melhor ajuda que podemos dar é deixar a pessoa “caminhar com as próprias pernas”.
Saber dizer SIM e saber dizer NÃO também é uma forma de ajudar no crescimento pessoal de cada um.

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

A força feminina

Gosto de mulheres fortes. Não me refiro a musculatura desenvolvida, mas a força de vontade de lutar e ser feliz que a mulher tem. A força de espírito.
É uma pena que as mulheres, para não ficarem sozinhas, tem negligenciado a própria força para não assustar homens fracos que se aproximam delas.
A mulher é um ser fantástico: pode perfeitamente se manter sem homem, pode criar seus filhos sozinha, cuidar de seus pais na velhice, ser boa profissional. Mas abdica de sua independência em nome de um amor.
Por mais que tenha sofrido na vida por causa de um homem, não perde a esperança de ser feliz ao lado de um homem digno.
Sempre me perguntam por que até hoje não me casei. Agora respondo: porque eu não era digno nem forte para ter uma mulher verdadeira ao meu lado.
Hoje eu sei quem são as mulheres, e por mais que o mundo pareça confuso, os costumes tenham mudado, os valores familiares estejam irreconhecíveis, ainda é possível amar.
Quero uma mulher forte que me ampare se eu fraquejar por um momento, e para que ela compreenda o valor de cada vitória que obtivermos juntos ou individualmente.

Aonde vamos parar?...

As coisas mudam constantemente. Cresci acreditando em valores que hoje não fazem o menor sentido pra muitos. Fui criado para estudar, trabalhar, namorar, noivar, ter minha própria residência, casar, ter filhos.
No mundo em que eu vivia, os americanos eram uma força inquestionável. A Europa era um lugar considerado um paraíso na terra, devido à sua história e belezas naturais, nascer europeu ocidental era garantia de boa qualidade de vida.
Ter formação universitária era garantia de emprego. Falava-se em crescer profissionalmente em uma empresa tradicional e de renome, como Banco Econômico, Soletur ou Mesbla.
Mulher que nascesse bonita não tinha que se preocupar em estudar ou trabalhar, pois a as portas estariam sempre abertas e essa mulher teria as melhores opções de escolha na vida. Bastava nascer branco e/ ou nascer em família rica para o futuro da pessoa ser de prosperidade.
Quem nascia em bairro nobre como Graça, Pituba ou Barra, já seria privilegiado com as melhores oportunidades que a vida poderia oferecer.
Sair em bloco de carnaval era símbolo de status. Ter carro próprio era para poucos felizardos.
A família era o núcleo de qualquer pessoa. Namoro era coisa séria.
Hoje tudo isso que mencionei nem é mais lembrado. E ainda me perguntam por que o mundo está tão envolvido em violência. As pessoas perderam completamente suas referências e não foram orientadas a seguirem seu próprio coração. Vejo as pessoas hoje em dia como ovelhas sem pastor, sem saber pra que lado vão e nem onde obter respostas para suas aflições. Se alguém já tiver certa idade e não consegue perceber as mudanças ocorridas nos últimos anos, não poderá orientar os outros sobre o que está acontecendo nem indicar a direção para onde ir.
Por estes motivos, tenho um a visão particular da realidade onde estou inserido. Tenho opinião formada sobre vários assuntos, pois sei de onde vem muitos conceitos e crenças, e sei em que direção estaremos indo se continuarmos nesse ritmo. De minha parte, toda as decisões que procuro tomas são conscientes. Reconheço que tenho limitações de compreender alguns fatos, mas procuro me superar a cada dia.
Li uma vez que a realidade não existe. Hoje concordo com isso. O que existe de fato são nossas crenças, sejam elas quais forem, e de acordo com elas é que moldamos nosso mundo particular e na realidade a nossa volta.
Relacionamentos, emprego, dinheiro, amizades, bens materiais. Tudo isso vem até nós de acordo com o que acreditamos ser real. Se formos capazes de convencer outras pessoas de algo, esse "algo" pode se tornar uma verdade inquestionável.
O que não encontrei ainda foram pessoas que tivessem uma visão mais imparcial sobre a realidade, que fossem capazes de renovar as próprias idéias a cada dia. Mas acredito que com alguma orientação, todos são capazes de pensar com a própria cabeça e seguir seu coração, de forma consciente.
Mudar a próprias idéias e renovar-se a cada dia é uma grande demonstração de humildade, só quem admite que não sabe tudo é capaz de avaliar novas idéias e decidir o que é melhor para si e para as pessoas a quem ama. De que adianta falar em mudar o mundo ou as pessoas se não somos capazes de aceitar o fato de que ainda temos muito o que aprender?