quinta-feira, 24 de março de 2016

RAZÕES PARA A PAIXÃO DE CRISTO

Aproveitando o período pascal escreverei um pouco sobre a paixão e ressurreição de Jesus Cristo nosso Senhor. Me pensam por que assassinaram Jesus e se não deveria ter sido evitado. Por que Deus deixou isso acontecer.
Não vou entrar no mérito religioso da questão, tentarei evitar tendências. O que quero é evidenciado assunto do ponto social e histórico.
Então eu que pergunto: O que teria acontecido se Jesus Cristo não tivesse sido crucificado? E eu mesmo respondo:
1 - o propósito de sua vinda aqui não teria se realizado, pra o que diferenciou Jesus de qualquer bandido morto na cruz (que era muito comum naquela época) foi sua ressurreição. A ressurreição dele foi quem configurou perante a humanidade sua divindade. E ele se constando s nós também nos elevou à condição divina;
2 - se ele não tivesse sido morto na cruz e ainda assim se recusasse a serviu aos propósitos dos líderes fariseus, ele teria sido assassinado em poucos dias, pois a inveja de seus feitos já havia o convenção perante a esses homens.
E ainda tem outro fato que ê muito negligenciado: Judas Incariotes. Por que Jesus permitiu que ele os seguisse? Será que jesus foi ingênuo e não conhecia o coração de Judas? Claro que Jesus sabia que havia aceito um traidor em seus meio, mas se não fosse a tolice de Judas, Jesus não teria sido entregue e a história não teria tido o desfecho que teve.
Mas será que Judas queira mesmo trair Jesus? Será que ele odiava a Jesus? Parece que não queria trair nem odiava a Jesus, mas Judas pensava com a razão dos homens e não pensava como Jesus. Judas queria que Jesus fosse o Messias prometido e libertasse os judeus do império romano, e queria aproveitar i período da Páscoa para iniciar esta revolução, já que Jerusalém estava cheia de judeus por causa da festa. Ele achou que Jesus seria convencido pelos líderes fariseus a se tornar esse poder libertador de Roma. Mas Jesus se recusou. Isso provocou a ira dos fariseus que o mandaram para a morte, pensam eles que isso encerraria a história e Jesus cairia no esquecimento.
A ignorância e inveja dos homens foram os combustíveis para a crucificação de Cristo.

Nenhum comentário: