sexta-feira, 15 de abril de 2016

Um novo olhar


Quanto mais eu escrevo e público estes textos mais eu percebo que me reprimi durante anos a troco de nada. Eu tinha receios de ser censurado e até hostilizado, mas pra minha surpresa ninguém fez nenhum comentário negativo sobre estas palavras até agora. Esta é uma demonstração de que o medo realmente só existe em nós cabeça e nos impede de fazer coisas grandiosas.
Aprendermos desde a mais tenra infância a ter medo de tudo e de todos e que a única forma de nos defendermos é atrasando primeiro ou reagindo com grosseira, como se grosseira fosse sinônimo de força. Tenho agido de forma cada vez mais suave e os resultados diários são visíveis e incontestáveis para mim.
Tem sido um prazer esculpir sem aquela voz interior me dizendo presta não fazer isto ou aquilo para não ser censurado, ou mesmo escrever e expressar ideias sem o medo de ser punido por pensar livremente.
A ignorância dos adultos tende a reprimir de forma até violenta a iniciativa das crianças, comprometendo sua criatividade iniciativa ao longo da vida. Isso não é motivo para uma ex-criança agora adulta revoltada querer julgar e condenar os outros por suas limitações. Ela tem que tomar consciência de sua situação e mudar sua mentalidade, evoluir sem rancor e sem ficar só olhando para trás.
Por isso tenho me sentido livre. Escrevo estas palavras pois viemos para este mundo para crescer como pessoa e deixar um registro positivo de nossa passagem por estas terras. Estou fazendo minha parte com muita boa vontade.

Nenhum comentário: