sábado, 16 de julho de 2016

Entrevista

Tenho participado de entrevistas e as perguntas são semelhantes. Mesmo assim, sem um roteiro preestabelecido, as palavras saem de forma desordenada e o que poderia ser uma oportunidade pode se tornar um obstáculo. Para evitar situações desagradáveis e desnecessárias, elaborei este roteiro pessoal que serve para eu me basear e mesmo para apresentar como uma espécie de entrevista virtual para ser encaminhada junto com meu currículo: ♦ Manter o foco na vaga e na empresa e esquecer-se de si neste momento. Concentrar-se na vaga; ♦ Não falar além do necessário e do que foi perguntado; ♦ Demonstrar claramente interesse e entusiasmo pela vaga oferecida: 1) Quais seus pontos fortes? Determinado, metódico, seriedade no trabalho, confiável com informações sigilosas, inteligência e criatividade, observador, facilidade em relacionamento. Sou honesto, mas honestidade não é virtude, é obrigação de cada um. Como administrador que sou, tenho uma visão do todo e não só das partes que compõem um empreendimento. 2) Quais seus pontos a melhorar? Comunicação e compreensão deve ser trabalhadas constantemente, assim a paciência e inteligência emocional. No meu caso a anos venho trabalhando nesses tópicos, melhorando em cada momento e a cada oportunidade 3) Fale de você, sua família, o que faz nas horas vagas, o que gosta de fazer para se divertir Sou uma pessoa de profundo compromisso com minhas crenças religiosas e espirituais, o que não me dá o direito de julgar, mas de ajudar em cada oportunidade. Moro com minha mãe idosa e é bom poder retribuir a quem me deu tanto. Nas horas vagas faço tantas coisas que tenho que ter disciplina e estabelecer prioridades: a) faço obras de arte para uma exposição em breve; b) faço experiências em arte culinária; c) faço trabalhos domésticos; d) vou ao supermercado, faço pagamentos, acompanho minha mãe ao médico sempre que posso; e) faço pequenas reformas em móveis e até construo alguns. F) gosto de redigir textos que acredito poderem ajudar as pessoas de alguma forma, e publico no Facebook e no meu blog pessoal. Como lazer gosto de coisas variadas: viajar para lugares inusitados; passar; dançar a dois; ver filmes de gêneros diversos, tipo comédia, ação, aventura, ficção científica, fantasia e as vezes romance. Gosto de ver esses filmes em casa mesmo. Também gosto de ouvir musicas. O interessante é que tenho uma coletânea de músicas que comecei a reunir em 2004 e ainda não está pronta. 4) Fale de suas características pessoais. Sou um entusiasta que quando acredito em um projeto ou em um trabalho, convenço facilmente os que estão ao meu redor a participarem da ideia. 5) Qual sua formação? Sou formado em administração de empresas. Tenho formação em cursos extracurriculares em minha área: técnicas de vendas, telemarketing, relações humanas, rotinas de pessoal. Como usuário de informática conheço programas como Word, Excel, PowerPoint, Internet Explorer e Mozilla e tenho conhecimento em sistemas integrados. 6) Fale de suas experiências profissionais. Tenho experiência diversas áreas de uma empresa: administração, financeira, comercial, compras, suprimentos e almoxarifado Tenho habilidades em liderança, negociação, rotinas de equipes de trabalho, visitas a campo e elaboração de relatórios. 7) Por que você quer mudar de área ou emprego? Minhas função atual não me permite exercer meus talentos e desenvolver meus talentos mais do que já desenvolvi. Gosto de evolução constante e de ver o trabalho de hoje melhor que o de ontem e o trabalho de hoje como um impulso para o amanhã. O desafio me motiva e estimula. Achar uma solução para um problema difícil é gratificante. Superar-se a cada momento revigora e estimula nossas habilidades. 8) Como você se relaciona com pessoas difíceis ou que pensam diferente de você? Conhecer a si mesmo é a melhor maneira de conhecer aos outros. todos tem seu ponto forte, suas fraquezas e seu valor. Descobrir o que interessa aos outros e como utilizar isso para o bem comum é uma boa maneira de valorizá-la. Numa relação de trabalho, uma relação pode ser difícil se houver conflitos de interesses 9) Onde e como pretende estar daqui a cinco anos? Em cinco anos pretendo estar financeiramente estabilizado, com minha família (esposa e filhos) e ocupando uma posição de destaque na empresa em que eu estiver trabalhando. Quero fazer a diferença e ajudar as pessoas com quem eu tiver contato, desde que elas permitam e aceitem minhas orientações. Tudo que existe pode ser entendido e até previsto se conhecer o padrão do mesmo: pessoas, animais, fórmulas numéricas, sentimentos, emoções, órbitas plantárias e tudo que se imaginar tem um padrão próprio. Em entrevistas e dinâmicas de grupo essa regra não é exceção. Uma vez descoberto o padrão, tudo caminha com mais facilidade e flui sem resistência. Mas, às vezes, a única forma de se conhecer o padrão de algo é estudando sobre o assunto ou vivendo a experiência na prática. Portanto, não se deve perder oportunidade de conhecer o padrão do que se interessa. Nada acontece por acaso.

Nenhum comentário: