domingo, 21 de agosto de 2016

CORPO E ALMA

Nem tudo que desejamos é o que devemos fazer. Acredito que a alma deva prevalecer sobre o corpo. Vejo o corpo como um cavalo como um animal mesmo, forte em seus instintos e que precisa ser domesticado sem ser repetido, e a alma como o cavaleiro que domina e conduz este animal chamado corpo.
O corpo não é bom nem mal, mas precisa ser bem conduzido para não fazer bobagens e sair do caminho correto. Cabe a alma trabalhar em conjunto com o corpo para vencer todas as batalhas, como um cavaleiro medieval. O cavaleiro medieval era visto pelos seus inimigos muçulmanos como uma perfeita máquina de combate, em perfeita sintonia entre cavalo, cavaleiro, lança e escudo, e quando entravam em combate todo esse conjunto trabalhava como se fosse um só. Da mesma forma, corpo e alma devem estar em sintonia perfeita para vencer todas as batalhas.
Para se atingir este grau de perfeição tem que haver árduo treinamento, dedicação, renuncia, foco nos objetivos, força interior e crença em si mesmo (e nem vou mencionar crenças em Deus para não tornar o texto em caráter religioso e dogmático).

Nenhum comentário: