sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Solidão

Estou vivendo uma fase em minha vida que a solidão é uma constante, minha única companheira nesta caminhada tem sido minha mãe. Ela tem sido aquela pessoa que chamo para sair e ela vai, sem maiores explicações ou justificativas.
Assim como eu preciso dela, ela precisa muito de mim. Eu gostaria de ter mais pessoas em quem confiar, mas parece que todos tem tanto o que fazer que não tem tempo pra mim.
Mas isso é uma demonstração de que a LEI DA ATRAÇÃO funciona: Desespero atrai desespero. As energias atraem energias semelhantes. Se me sinto só, o Universo envia mais solidão. Não posso pensar em ter alguém pra fugir da solidão, senão tudo que virá será mais solidão.
Tenho que viver experiências e sei que na coletividade ela serão bem mais enriquecedoras, mas a ansiedade não tem trazido bons resultados. Ainda não tenho a independência que desejo nem as amizades que procuro.
As pessoas que tenho contato tem mais o que fazer do que serem atenciosas. Pior que dá pq ver o abismo em que estão se dirigindo, parecem gado rumo ao precipício, um estouro de animais se dirigindo ao penhasco. E não tem nada que eu possa fazer neste momento para evitar esse sofrimento coletivo destas pessoas.
Tenho tenho a ensinar na ninguém interessado em aprender. A frieza ou indiferença com que as pessoas estão agindo me deixa estarrecido.
Como diz Jesus Cristo no novo Evangelho: "Não deis aos cães as coisas santas, nem deiteis aos porcos as vossas pérolas, não aconteça que as pisem com os pés e, voltando-se, vos despedacem." (Mateus 7:6)

Nenhum comentário: