sábado, 1 de outubro de 2016

Minha história de vida

Estou começando a acreditar que nossa história de vida começa s ser escrita antes mesmos de nascermos. Não tenho muitas evidências, mas uma em particular me chama a atenção: numa relação com minha mãe. Minha mãe é uma pessoa idosa, e como todo idoso, ela sente-se só. Na idade em que ela se encontra, já perdeu vários entes queridos e referências de sua vida: marido, irmãos, amigos, professores, colegas, e na idade dela, está órfã de pai e mãe.
Tem pessoas que acham que são práticas e tudo que o idoso sente é coisa da idade e os outros não tem que se incomodar com manias de pessoas velhas. Se o idoso se queixa de dor, é só uma forma de pedir atenção pra só mesmo, por exemplo.
Pois bem, minha mãe teve três filhos e, como todos sabem, tem sempre um que é mais atencioso, e esse alguém sou eu. Não paro de imaginar como minha mãe estaria hoje se eu não tivesse nascido: provavelmente não saberia o que é viver a liberdade na terceira idade. As vezes perco a paciência, mas porque sei que preciso me amansar mais e me esforço para ser melhor a cada dia.
Em minha ausência, imagino que minha mãe definharia. Então acredito que Deus foi perfeito, como sempre, e me trouxe para este mundo para servir também a minha mãe. Não me sinto obrigado a fazer nada, me sinto até recompensado: Alguém depende de mim para seu bem estar e eu posso corresponder e colocar teorias em prática.

Um comentário:

Elisabete S disse...

Que Deus continue te iluminando.