sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Desabafo

Considerando que ninguém leia meu blog, vou escrever um desabafo, talvez você também seja assim ou conviva com alguém que passe por isso: Sinto que sou uma pessoa muito irritadiça, me aborreço com facilidade e perco a calma facilmente. Mas analisando minha história de vida dá para se ter ruma ideia da causa de tanta irritação. Durante muito tempo esperei que alguém tivesse tempo para me perceber e me dar atenção. Esforcei-me para resolver os problemas alheios para que, em agradecimento, as pessoas me dessem a atenção que eu tanto desejava. Mas quando as pessoas tinham seus problemas resolvidos ou encaminhados, não retribuíam a mesma gentileza, pois tinham uma vida para viver e não havia espaço para mim na vida delas. Eu me anulei durante muito tempo por este motivo. Mas minha raiva só aumentava pelas ingratidões, e na verdade eu estava dando atenção a pessoas que não mereciam tanta dedicação e eu também queria algo em troca de pessoas que não seriam capazes de perceber a necessidade de outros. Hoje tenho certa dificuldade de expressar sentimentos e sentir emoções, já que elas foram sufocadas durante muito tempo a espera de um momento de atenção por parte de outras pessoas. Nem tudo foi uma perda, pois hoje tenho uma sensibilidade aflorada que me permite deslizar pelos mais diversos ambientes e conviver com os tipos mais variados e de pessoas em criar conflitos desnecessários. Os sentimentos são a chave que abre a porta da felicidade. Quero me desligar deste logica corriqueira na sociedade e viver emoções e sentimentos por muito sufocados, viver em paz e no amor de Deus.

Nenhum comentário: