quinta-feira, 23 de março de 2017

Amizade

Como já escrevi antes, estes dias estou só desabafando e não sei se tem alguma utilidade para outra além de mim.
Estes dias andei pensando que não irei a lugar algum enquanto não resolver algumas questões: acabar com a ansiedade e ser mais paciente, melhorar minha auto-estima e amor próprio, deixar de fazer tanto esforço para ir a atenção de alguém, deixar as coisas acontecerem naturalmente.
Sinto como que eu tivesse que atravessar uma cortina espessa de fogo para chegar ao outro lado. É como se eu tivesse que fazer algo extremamente doloroso. Mas ao mesmo tempo que não deve ser tão ruim assim e no fim da contas não tem nenhuma cortina de fogo, é só meu medo e comodismo me impedindo de avançar. Sinto falta da alegria, das visitas em casa, dos passeios em grupo, de falar com pessoas que me aceitem sem tentar me mudar demais e sem impor regras.
Estou cercado por pessoas que eram seguras de si mesmas e hoje estão vendo seu próprio mundo desabar e não tem onde de abrigar e buscar refúgio. Onde que que eu vá ao tenho encontrado pessoas impacientes e perdidas em seus argumentos. Não consigo ter a atenção delas, pois estão afundadas em seus próprios problemas pessoais.
Ainda não consegui me livrar do vício do bate-papo, que é uma grande perda de tempo. Mas por alguns momentos eu penso que tenho a atenção de alguém. Quem está lá tem algum tipo de problema, mas dificilmente tem interesse em amizade sadia ou algo serio. Mas não é muito diferente de quem se ilude com seus amigos de copo e de farras. São todos relacionamentos fadados ao fracasso, com poucas chances de evoluírem.
Tenho que me dedicar às minhas atividades, obras e estudos, são mais úteis do que viver de ilusões.
Tenho soluções para estes problemas, mas tenho que ter paciência sem me acomodar. Não serei ouvido ou levado a serio na situação atual em que me encontro. Se eu tento falar como me sinto, já vem alguém com a mesma solução mágica: "Vá para um psicólogo". Psicólogo não vai ao cinema comigo, nem passear, viajar, dançar a dois, dar umas coisas risadas, falar de tudo e de nada também. Psicólogo não vão ser o amigo que preciso. O que preciso é ter amigos de verdade, boas companhias.
Amizade faz bem só coração e traz alegria. A amizade é gratuita e não te faz exigências, mas quer o melhor para você. Só quer que você esteja feliz. A amizade tem paciência e prazer em te ouvir. E mesmo estando longe sempre estará com você. A amizade verdadeira sobrevive aos seus relacionamentos, antes, durante e depois deles. Quem tem amigos de verdade tem um tesouro. E está mais próximo de entender a natureza do amor.

Nenhum comentário: