sexta-feira, 10 de março de 2017

Histórias de vida

Eu gostaria de ouvir mais sobre as histórias pessoais de cada pessoa que conheço ou conversa comigo. Se não fosse pedir demais, que ainda fizessem um link com o momento histórico do país e do mundo. Claro que poderia haver momentos de drama neste relato, nas que também houvesse momentos de humor, romance, aventura e ação.
Quando as pessoas relatam a própria história de vida, focam muito nos aspectos negativos e sempre tentam encontrar responsáveis pelos seus infortúnios. Não olham para trás e analisam o que fizeram de certo, o que foi bom em sua trajetória, quais eram seus planos, quais foram concretizados e quais planos foram abandonados. Não mencionam se aprenderam algo com suas experiências e o que pode servir de exemplo para outros.
As pessoas não costumam ver suas próprias como sendo algo interessante digno de ser contado com orgulho e alegria. Costumam comparar sua história de sucesso ou fracassos com a história de outras pessoas. Não comparam como estavam e onde estão atualmente. Não sabem nem mesmo o que as motivam a continuar a lutar e acreditar em suas vitórias.
Não se trata de viver no passado ou mesmo pensar em mudar o passado. Ninguém pode mudar o passado, apenas aprender com ele, se tiver discernimento, humildade e sabedoria para reconhecer as próprias falhas sem se culpar ou ser cruel consigo mesmo. Não devem nem mesmo utilizar esta palavra fracasso, se algo não aconteceu como planejou, pode-se chamar de experiência ou acidente de percurso.
Quem não conhece seu passado não pode saber para que direção está indo. Você tem que saber de onde veio e como chegou até aqui para saber para onde vai.

Nenhum comentário: